18/05/2021 +55 (99) 9999-9999

Geral

Banner1

Ex-namorada de Jairinho diz que vereador a agredia e torturava seu filho

Ela classifica Jairinho como "uma pessoa mentirosa, agressiva, uma pessoa ruim, uma pessoa falsa"

Por Agencia de Notícias ODIA1 16/04/2021 às 14:45:08

A estudante Débora Mello Saraiva, de 34 anos, ex-namorada e amante do médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), disse que ela foi agredida e o seu filho, torturado pelo parlamentar. Em um episódio, o vereador chegou a pôr papel e pano na boca do menino, dominado pelo peso do corpo de Jairinho. As declarações foram dadas no programa "Cidade Alerta", da Record, nesta quinta-feira, dia 15, e vão de encontro ao depoimento prestado pela moça, na 16a DP (Barra da Tijuca), no dia 22 de março. Ela será ouvida novamente na delegacia no inquérito que apura a morte do enteado do vereador Henry Borel Medeiros, de 4 anos. A reportagem é do jornal O Globo.

"Eu não disse (na delegacia) que era agredida. Preferi não dizer para me proteger. Apesar de estar aliviada por ter falado eu sei que posso contribuir falando isso. Mas continuo sentido medo, não sei o que pode acontecer e o que ele pode fazer. Ele é influente, eu tenho medo. Eu não aguentava mais segurar isso, todo mundo falando, me procurando. Fiquei pensando, daqui a pouco vão falar que eu fui omissa, como estão falando da Monique. Eu nunca deixei de proteger meus filhos", contou, na entrevista.

Ela classifica Jairinho como "uma pessoa mentirosa, agressiva, uma pessoa ruim, uma pessoa falsa. Me fez muito mal, perdi seis anos da minha vida. Acho que ele tem que pagar por tudo o que ele fez".

Comunicar erro
Comentários