22/06/2021 +55 (99) 9999-9999

O Dia Agora

Banner1

Campeonato Paraibano: Campinense bate Botafogo-PB nos pênaltis e vai para a decisão

Por Agencia de Notícias ODIA1 03/06/2021 às 00:33:20

Na noite desta quarta-feira (02), Botafogo-PB e Campinense fizeram o Clássico Emoção valendo vaga na decisão do Campeonato Paraibano de 2021, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Em um jogo medonho que terminou empatado em 0 a 0, nos pênaltis, Mauro Iguatu entrou de vez para a história da Raposa, defendendo o chute de Kaio Wilker e convertendo a cobrança decisiva que deu a vitória por 5 a 4.

O resultado leva o Campinense para a decisão, na qual enfrentará o Sousa em dois jogos, sendo o segundo no Marizão, reeditando a final do estadual de 2012.

Para iniciar o jogo, os dois treinadores usaram o que tinham de melhor. No Belo, Gerson Gusmão optou pela volta de Bruno Menezes ao meio-campo na vaga de Juninho, com relação ao time que empatou no sábado passado com o Ferroviário-CE, pela Série C, enquanto Ranielle Ribeiro escalou a Raposa como era esperado, sendo a mesma equipe da repescagem diante do Atlético de Cajazeiras.

Logo no início do jogo, aos 11 minutos, o rubro-negro precisou trocar Cleidson Pink, que sentiu a cabeça após dividida pelo alto com Bruno Menezes, e colocou Joilson em seu lugar.

Se chances não eram criadas, a bruxa estava solta e aos 23, Bruno Menezes precisou ser substituído por Juninho após sentir um problema no pé direito.

Somente aos 42 minutos a primeira chance apareceu. Após Fred, zagueiro do Belo, cobrar falta na trave, ele mesmo pegou o rebote e chutou de direita, e a bola explodiu no poste direito de Mauro Iguatu. Na sequência, a zaga jogou para escanteio. Na cobrança, Marcos Aurélio tentou fazer o gol olímpico, como vem sempre fazendo, e o goleiro raposeiro espalmou para afastar o perigo.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Campinense resolveu sair um pouco mais e teve dois escanteios ao seu favor logo no começo. E aos 5 minutos, Cleiton subiu mais que a defesa botafoguense, desviou de cabeça e a bola passou muito perto da trave direita de Felipe.

Aos 8, em uma saída esquisita de Mauro Iguatu, ele estava muito fora do gol e a bola caiu no pé de Clayton, que bateu de longe, tentando achar o gol aberto, mas a redonda passou a esquerda da meta.

Só pareceu que a segunda etapa seria mais animada. Depois os treinadores fizeram mais mudanças, mas mesmo com homens de frente entrando em ambas equipes, nem Botafogo-PB nem Campinense faziam o goleiro adversário trabalhar.

A Raposa chegou a assustar aos 44 minutos, quando Allefe cobrou falta da esquerda e a bola passou por todo mundo, quase surpreendendo o arqueiro botafoguense que, no susto, espalmou para afastar o perigo.

Pênaltis

No Botafogo-PB Kaio Wilker perdeu, Fred fez, Maurinho fez, Welton Felipe fez e Gabriel Araújo fez.

Pelo Campinense Cleiton marcou, Michel Bennech marcou, Rafinha marcou, Alleff fez, Mauro Iguatu converteu a cobrança decisiva.

Ficha técnica

Botafogo-PB 0 x 0 Campinense

Campeonato Paraibano de 2021
Semifinal – Jogo único
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Tiago Ramos; Ruan Neres e Schumacher Marques.

Gols:
Cartões amarelos: Willian Machado, Juninho (B); Michel Bennech (C)

Botafogo-PB: Felipe, Rodrigo Ramos (Pablo), Fred, Willian Machado, Tsunami (Gabriel Araújo); Amaral, Bruno Menezes, Clayton, Marcos Aurélio (Maurinho); Luã Lúcio (Kaio Wilker) e Welton Felipe. Técnico: Gerson Gusmão.

Campinense: Mauro Iguatu, Felipinho, Michel Bennech, Cleiton, João Victor (Gilmar); Rafinha, Cleidson Pink (Joilson), Marcelinho (Allef); Matheus Régis, Marcos Nunes (Cláudio) e Cadu (Ivamar). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Fonte: https://www.polemicaparaiba.com.br/

Comunicar erro
Comentários