16/01/2022 +55 (99) 9999-9999

Nordeste

Banner1

Guarabira: presidente da Câmara retira de pauta projetos da prefeitura

Por Agencia de Notícias ODIA1 02/12/2021 às 19:17:33

Presidente da Câmara de Guarabira, o vereador Wilson Filho (PL) resolveu retirar de pauta todos os projetos de lei de autoria do poder executivo que estavam previstos para serem votados na sessão desta quinta-feira (2). Wilsinho disse que a decisão foi atendendo a pedidos de parlamentares para que as matérias possam ser melhor discutidas com a sociedade.

Entre os projetos está o que “Institui o Regime de Previdência Complementar no âmbito do Município de Guarabira/PB; fixa o limite máximo para a concessão de aposentadorias e pensões pelo regime de previdência de que trata o art. 40 da Constituição Federal; autoriza a adesão ao plano de benefícios de previdência complementar, e dá outras providências”.

Os vereadores cumprimentaram o presidente pela decisão de retirar os projetos de pauta para que haja tempo para realização de audiências públicas, já que trata-se da previdência dos servidores. Antes do início da sessão, o presidente reuniu a bancada governista e comunicou da sua decisão, que recebeu a poio dos colegas.

Em razão da proximidade do encerramento do período legislativa, a partir do próximo dia 15, as matérias só deverão ser pautadas no próximo ano. As próximas sessões não serão deliberativas, mas para entrega de honrarias a diversas pessoas que foram agraciadas.

Destoando da maioria, o vereador Josa da Padaria (Cidadania), que lidera a bancada oposicionista, defendeu que o presidente coloque em votação as matérias ainda em 2021, mesmo que seja em sessão extraordinária, pois são matérias de interesse do município e os parlamentares precisam ter a responsabilidade de votar as matérias em tempo hábil.

O Sindicato dos Professores de Guarabira fez uma publicação nas redes sociais apelando aos vereadores que não votassem o projeto do Regime de Previdência Complementar sem ouvir as categorias dos servidores, apontando que antes teria ocorrido votação da reforma da previdência na calada da noite.

 

Comunicar erro
Comentários